41 3121.1001

41 99121.1001

 
 
 
 

Perguntas Frequentes

Uso clínico e abusivo de esteroides anabolizantes

Os anabolizantes têm uma indicação bem definida na prática clínica. Derivados da testosterona são indicados para o tratamento do hipogonadismo masculino.

uso abusivo esteroides anabolizantes 01O diagnóstico deve obedecer a critérios clínicos e laboratoriais específicos, sendo indicada a prescrição apenas em casos de deficiência hormonal comprovada.

Veja abaixo uma comparação entre as doses utilizadas nos tratamentos de reposição hormonal e aquelas utilizadas para fins estéticos e para melhora do desempenho:

- Tratamento do hipogonadismo: 1 ampola de um derivado da testosterona (intramuscular) a cada 4 semanas, podendo chegar a 1 ampola a cada 12 semanas, dependendo do agente utilizado.

- Uso abusivo de anabolizantes: até 12 ampolas de diferentes agentes num período de 4 a 6 semanas. Em geral combinam fármacos de uso intramuscular, via oral e gel.

A nandrolona e a oxandrolona, largamente utilizadas nas academias, têm uso restrito na prática clínica, limitando-se aos seguintes casos:

- A nandrolona (Deca Durabolin) pode ser usada como terapia adjuvante no tratamento de doenças debilitantes crônicas, em casos de caquexia, tumores e osteoporose, e na sarcopenia (ainda com poucas evidências de eficácia), tanto em homens como em mulheres e crianças. A dose preconizada nesses casos costuma variar de 25 a 50mg a cada 3 semanas, muito diferente da dose utilizada para se obter efeitos estéticos, onde se observam doses até 20 vezes acima da dose terapêutica.

A nandrolona é muito utilizada por quem busca aumento da massa muscular devido à sua fama de apresentar um efeito mais anabólico e menos androgênico. Vende-se a ideia de que teria menor risco de efeitos colaterais e hepatotoxicidade, porém, como chega a ser usada em doses 20 vezes acima da dose terapêutica, passa a ter efeitos semelhantes às outras drogas dessa classe.

- A oxandrolona pode ser benéfica para a recuperação de grandes queimados. No Brasil não é comercializada em farmácias alopáticas, sendo disponibilizada apenas por farmácias de manipulação. Uma paciente de 60Kg usaria de 1,5 a 3mg/dia.

Já nos ciclos de anabolizantes, as doses costumam variar de 10 a 40mg/dia. Ao contrário do que diz o “conhecimento popular”, nessas doses leva SIM a efeitos virilizantes nas mulheres, e bloqueia a produção natural de testosterona nos homens, trazendo queixas de disfunção sexual com muita frequência.

É importante lembrar que as apresentações por via oral apresentam primeira passagem pelo fígado, o que aumenta o risco de complicações.

O estanozolol (Winstrol) não está padronizado no Brasil, sendo adquirido apenas de forma ilegal. Isso aumenta ainda mais os riscos relacionados a seu uso.

 

 Saiba mais

O que são anabolizantes?
Anabolizantes - o que é importante saber
Riscos do uso indiscriminado de anabolizantes