41 3121.1001

41 99121.1001

14 de Novembro - Dia Mundial do Diabetes

Segundo a endocrinologista do Hospital VITA Curitiba, Daniele Tokars Zaninelli, esses desdobramentos merecem atenção, já que o osso normal está em constante processo de formação e reabsorção – chamado de remodelação óssea -, e no diabetes tanto a formação quanto a reabsorção parecem estar diminuídas.

Outra associação que vem sendo estudada é do diabetes com a Doença de Alzheimer. Análises têm demonstrado que pacientes diabéticos têm um risco maior de desenvolver alterações cognitivas, até mesmo o Alzheimer. "O mecanismo básico que parece interligar as duas doenças é a resistência à insulina", aponta a endocrinologista.

Prevenção - Estar atento aos fatores de risco do diabetes auxilia na identificação precoce dos pacientes com maior predisposição à doença. Obesidade, sedentarismo, casos de diabetes, hipertensão arterial, histórico de infarto ou doenças mentais graves na família são alguns dos grupos que devem redobrar a atenção. "O diagnóstico precoce e a prevenção do diabetes ajudam a evitar consequências graves", alerta Daniele.

Pacientes considerados de risco devem ser avaliados periodicamente, para verificar as taxas dos exames laboratoriais e iniciar o tratamento, caso seja necessário. Medidas simples, como mudanças nos hábitos alimentares e prática regular de exercícios físicos podem reduzir significativamente o risco de desenvolver diabetes. "Essa é a medida mais eficaz na redução das complicações crônicas decorrentes da hiperglicemia", finaliza a endocrinologista do Hospital VITA Curitiba.